ACBF_logo

A Fundação Africana para o Reforço das Capacidades em África (ACBF), pretende dar resposta aos desafios africanos em capacitação humana e institucional.

Em parceria com as partes interessadas, ser a instituição líder Africana, no desenvolvimento da capacidade sustentável para a boa governação e redução da pobreza em África.
Capacitação humana e institucional para um desenvolvimento sustentável e redução da pobreza em África.

Áreas de competências-chave:

  • Gestão e análise de políticas económicas
  • Responsabilização e gestão financeira
  • Gestão e Administração pública
  • Estatísticas nacionais e sistemas estatísticos
  • Parlamentos nacionais e instituições parlamentares
  • Profissionalização da voz do sector privado e sociedade civil
  • Modos de intervenção
  • Concessão de financiamento
  • Apoio e consultoria técnica
  • Produtos e serviços baseados no conhecimento

separador

UNCV

A Equipa das Nações Unidas (UN Country Team/UNCT) em Cabo Verde integra os Chefes de Agências/Programas/Fundos da ONU e é liderada pelo/a Coordenador/a Residente (RC). O UNCT trabalha de forma conjunta para apoiar Cabo Verde na realização dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) e para o cumprimento dos objectivos e das prioridades de desenvolvimento nacionais, através da execução do Programa de Cooperação, concebido numa abordagem baseada nos direitos humanos.

Este programa utiliza uma estrutura combinada e coordenada de planificação entre todas as agências residentes e não residentes que participam na iniciativa do “Delivering as One”.

Objectivos do Milénio para o Desenvolvimento:

  • Erradicar a pobreza extrema e a fome
  • Alcançar o Ensino Primário Universal
  • Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das Mulheres
  • Reduzir a Mortalidade Infantil
  • Melhorar a Saúde Materna
  • Combater o VIH/Aids, a malária e outras doenças
  • Assegurar um ambiente sustentável
  • Estabelecer uma parceria Mundial para o Desenvolvimento

separador

luxemburgo_governo

As relações de cooperação entre o Estado de Cabo-Verde e Luxemburgo datam dos anos 80 e, em 1993, Cabo-Verde torna-se um país parceiro privilegiado da cooperação Luxemburguesa para o desenvolvimento, após a assinatura, do primeiro Acordo Geral de Cooperação, a 3 de Agosto de 1993, definindo o quadro geral da actividade de Cooperação nos domínios, cultural, científico, técnico, financeiro e económico entre os dois países.

Desde 1999, realiza-se, em um ritmo anual – em alternação entre Praia e Luxemburgo – as comissões de parceria entre Cabo-Verde e Luxemburgo.